Raízes de Poder, Gênero e Violência

Read this in:

De acordo com a Declaração da ONU para Eliminação da Violência contra a Mulher (1993), "a violência contra a mulher é uma manifestação de relações de poder historicamente desiguais entre homens e mulheres que levou à dominação e à discriminação contra as mulheres pelos homens e ao impedimento do pleno progresso das mulheres. A violência contra as mulheres é um dos mecanismos sociais fundamentais mediante os quais as mulheres são forçadas a uma posição subalterna em relação aos homens." 

Homens possuem, na maioria das esferas, mais poder de decisão econômica, política, doméstica e em geral do que as mulheres. Pesquisas mostram que a violência é fundamental para manter esse poder. Mais de 90% de violência "sistemática, persistente e agressora" é cometida por homens.

A profunda interação entre gênero, poder e violência é extremamente complexa para ser adequadamente abordada e desmembrada neste Manual. No entanto, a compreensão, em nível básico, de que a violência segue o poder em um contexto social é pedra fundamental para sermos capazes de enfrentar o problema de maneira adequada tanto de uma perspectiva pessoal quanto programática. É importante reconhecer que homens e meninos também sofrem violência cujo impacto pode ser devastador para indivíduos e grupos. No entanto, devido ao impacto desigual da violência baseada em gênero em mulheres e meninas e a natureza deste Manual, nosso foco será no sexo feminino.  

Footnotes: 

14 . "A/RES/48/104. Declaration on the Elimination of Violence against Women"(1993). Retrieved from http://www.un.org/documents/ga/res/48/a48r104.htm

15 . Kimmel, M.S. (2002). Gender Symmetry in Domestic Violence: A Substantive and Methodological Research Review. Violence Against Women, 8, 1332-1363. Retrieved from http://www.ncjrs.gov/App/Publications/abstract.aspx?ID=198004

Roots Of Power, Gender And Violence | Women Win Guides

Error

The website encountered an unexpected error. Please try again later.